Estou fazendo a minha parte pela Fundação Rotária?

ca_fr1718_2ESTOU FAZENDO A MINHA PARTE PELA FUNDAÇÃO ROTÁRIA?

Como advogado já me deparei com um homem reclamando de sua mulher, afirmando que ela já não era a mesma. Todas as vezes me questiono: “Será que é ela que mudou, ou ela não tem mais motivos para continuar a se aperfeiçoar e cuidando de seu esposo?”, e agora você deve estar se perguntado, “E o que isto tem haver com a Fundação Rotária?”, explico.

Muitos rotarianos se associam a nossa organização e não conseguem ver os benefícios que a Fundação Rotária (FR) provoca na humanidade, muito menos o que pode ela pode fazer em sua comunidade. Digo isto porque já conheci associados que orgulham- seemdizerquetêm30,40eaté50 anos de Rotary, mas nunca doaram para a Fundação Rotária.

Você como sócio de um restaurante pode convidar pessoas para jantar ou almoçar no seu restaurante se você próprio nunca almoçou ou jantou? Quando você lê Albert Schweitzer se depara com uma citação célebre dele de que: “Dar o exemplo não é a melhor maneira de influenciar os outros. É a única.”, assim a única forma de envolvermos os rotarianos a doarem é sendo exemplo a eles, é tornando-se referência.

Em nosso distrito o Rotary Club Fortaleza Centenário tem sido esta referência em doação a Fundação Rotária chegando ao patamar de ter o maior número de Companheiros Major Donnor (que doaram efetivamente U$$10.000,00 a FR) e isto adveio pelo fato de serem um dos clubes mais participativos em seminários e treinamentos, terem sempre instrução rotária sobre a Fundação Rotária e seus projetos humanitários.

No Piauí temos três clubes que se destacam, o Rotary Club de Floriano e Floriano Médio Parnaíba que sempre despontam em aportes para os projetos globais e o Rotary Club Teresina Piçarra que forma consórcio para doação a FR e buscando os reconhecimentos Paul Harris Fellow (PHF) aos companheiros do Clube e fomentando formação de núcleos para feitura de projetos globais, ou seja, além de projetos também temos que ter a responsabilidade para que os recursos doados também sejam empregados em outros lugares no mundo, refletindo sua internacionalidade.

No Maranhão o Rotary Club São Luis Praia Grande tem sido esta referência em doações, buscando as contrapartidas da FR por meio dos subsídios distritais, porém, precisamos avançar no sentido de buscarmos mais projetos globais.O Rotary hoje é 100% digital para propostas de projetos e comunicação, inclusive de alguns treinamentos.

Com a erradicação da poliomielite ao alcance da mão, diversas nações e doadores principais de diferentes partes do mundo prometeram recentemente na convenção do Rotary destinar mais de US$ 1 bilhão para impulsionar as atividades de erradicação da paralisia infantil. As promessas de doação de mais fundos, anunciadas na Convenção do Rotary em Atlanta, reduzirão drasticamente a lacuna de financiamento de $ 1,5 bilhão que os parceiros na Iniciativa Global de Erradicação da Pólio afirmam ser uma necessidade real para reduzir os casos da doença mundialmente. Felizmente, só foram registrados cinco casos de pólio este ano, o menor número até hoje. Bill Gates, copresidente da Fundação Bill e Melinda Gates, disse que a erradicação da paralisia infantil será uma das maiores conquistas da humanidade.

Cada um de nós precisa descobrir como ser exemplo para os demais membros de nosso clube e para a sociedade no tocante a Fundação Rotária, assim, precisamos acreditar na FR e doar para ela.

DEJARINO SANTOS FILHO
Governador 2013-2014
Coordenador Assistente da Fundação Rotária – Zona 22B Distrito 4490
Rotary International