Barry Rassin, presidente eleito do Rotary International, anuncia lema

O presidente eleito do Rotary International, Barry Rassin, que assumirá o cargo em 1º de Julho deste ano, apresentou na abertura da Assembleia Internacional da organização mundial, em San Diego, Califórnia, EUA, o lema rotário que servirá de motivação para a gestão 2018-19, “Seja a Inspiração”, é o lema que substituirá o atual “O Rotary faz a Diferença”, apresentado para 534 Governadores Eleitos do Rotary International, presentes no evento de treinamento e capacitação, de 14 a 20 de janeiro, nas dependências do Manchester Grand Hyatt. “Peço-lhes que sejam a inspiração para seus países e comunidades”, disse o futuro líder mundial. “Que estejamos mais fortes para tomarmos medidas que criem mudanças duradouras na comunidade”, reforçou o dirigente.

O anúncio foi feito em um ambiente de grande ansiedade e expectativa. O Presidente Eleito Barry Rassin foi muito feliz nas argumentações, nas explicações e objetivos do lema que servirão de diretrizes para o nosso futuro trabalho, considerando que é possível que a “inspiração” das cores e do desenho do lema estão diretamente ligados ao fato de Barry Rassin ser associado do Rotary Club de Nassau-Leste, nas Bahamas. “Eu quero que vocês inspirem os rotarianos dos clubes a almejarem o sucesso, a quererem ser mais e irem mais longe”, falou o futuro presidente. “Sejam a motivação que instiga os outros a superarem os próprios limites”, completou. “Juntos, vemos um mundo onde as pessoas se unem e entram em ação para causarem mudanças duradouras em si mesmas, nas comunidades e no mundo todo”, afirmou ao acreditar que essa declaração descreve o Rotary que seus líderes precisam construir.

Para tornar essa visão em realidade, o presidente eleito falou que os rotarianos precisam cuidar do Rotary: “Nós somos, acima de tudo, uma organização de associados. Se queremos servir, se queremos atingir nossas metas, precisamos, primeiramente, cuidar muito bem dos nossos associados”, defendeu ao pedir aos novos governadores que inspirassem “os rotarianos dos distritos a desejarem promover mudanças, a desejarem fazer mais, a desejarem desenvolver o próprio potencial ao máximo”. Disse ele: “Vocês têm a responsabilidade de incentivá-los, de ajudá-los a progredir”, enfatizou.

SUSTENTABILIDADE AMBIENTAL

Nos últimos anos o Rotary tem enfocado fortemente no tema da sustentabilidade nos serviços humanitários. Barry Rassin é da opinião de que todos devem se conscientizar sobre os problemas reais derivados da poluição, degradação ambiental e mudanças climáticas. Ele observou que 80% de seu próprio país está a um metro do nível do mar. “Considerando os estudos de que o nível do mar subirá dois metros até 2100, em 50 anos meu país desaparecerá, junto com a maioria das ilhas do Caribe e cidades costeiras”, disse ele apontando a direção dos trabalhos da próxima gestão.